Garshana

É um tratamento indicado principalmente para pessoas Kapha pois promove o calor e melhora a circulação enquanto esfolia a pele de forma a que o óleo e tratamentos herbais aplicados depois possam ser melhor absorvidos. Tem a finalidade de estimular fortemente o tecido subcutâneo e aumentar a circulação periférica, causando vermelhidão e calor no local. Remove células mortas como um leve peeling. Para além disso, também é um óptimo desentoxificante do corpo.

A aplicação de garshana provoca uma limpeza energética, característica que se deve às propriedades da luva de seda. Quando friccionada na pele, provoca um aumento da electricidade estática, que vai agir directamente sobre os nadis (canais subtis de energia); ao sal que também altera electricamente o nosso campo energético; e à cânfora que tem uma acção rubefaciente (que produz calor e vermelhidão), estimulando a circulação periférica, abrindo os canais.

Os tratamentos que envolvem electricidade estática são bastante considerados nos processos de cura ayurvédicos. Esta leva a uma ionização e alcalinização do sangue. Aumenta o calor do corpo, o que vai melhorar os canais de circulação e remoção de impurezas.

O garshana é indicado em casos de celulite e obesidade. Apesar disso, pode ser utilizado também pelos outros doshas como tratamento estético local. Outras condições que podem ser tratadas com esta terapia são: dores de cabeça, rigidez e dores musculares, neuralgia, fadiga, problemas de circulação de sangue, funções gastrointestinais.

Preceitos

Na massagem garshana a maioria dos deslizamentos são feitos de baixo para cima, para ajudar a estimular o fluxo linfático. É particularmente eficaz para activar Rasavaha srotas, ligado ao sistema linfático e à circulação de linfa.

O garshana é tipicamente aplicado antes de uma massagem ayurvédica ou antes de um banho. Recomenda-se fazer diariamente, e é adequado para qualquer dosha. As luvas de seda normalmente usam-se para vata e pitta e as de lã para kapha. A massagem demora aproximadamente 15 minutos.

Após o tratamento, a pessoa deve fazer uma sauna durante 10 minutos usando o mesmo óleo essencial usado na massagem ou, para quem não tem acesso a uma, enrolar o paciente numa película plástica para suar um pouco.

A sequência de massagem a continuação começa a ser executada no lado direito do corpo, fazendo o aquecimento, massagem ao pé, perna, mão e braço, logo repete-se tudo de início para o lado esquerdo, e então se massaja o torso. O mesmo se passa em decúbito ventral.

O garshana deve ser evitado por pessoas que estão a fazer um tratamento homeopático ou terapia floral pois a cânfora corta o efeito destas terapias.

Voltar à lista de terapias

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: