Plantas Tónicas Amargas e Antipiréticas

O conceito ayurvédico de plantas tónicas é diferente da maioria dos tratamentos ocidentais. Na fitoterapia ocidental, o termo tónico é dado normalmente a um agente que cria e fortalece o corpo, como as plantas amargas/frias porque se acredita que aumentam a vitalidade estimulando a digestão. Quando se deseja fortalecer o corpo e os seus órgãos, administra-se plantas nutritivas; é dito que esta acção herbária aumenta a eliminação de toxinas e produtos de excreção e purifica o sangue. Assim, são prescritas plantas tónicas para qualquer paciente convalescente ou em estado precário.

Enquanto a maior parte dos fitoerapeutas ocidentais prescreve frequentemente estas plantas para estados convalescentes ou de debilidade, a Ayurveda considera-as quase sempre inúteis para tal fim.

No entanto, as plantas tónicas amargas são medicamentos herbários muito importantes. A Ayurveda e a fitoerapia ocidental concordam que estas são as plantas mais fortes para acabar com febres, limpar o corpo e eliminar toxinas. Elas reduzem febre, pitta, toxinas e gordura do corpo, ou seja, clareiam o calor. Mas não se limitam a suprimir a febre, também eliminam a infecção, destroem o Ama e as toxinas.

Plantas de sabor amargo que agem como tónicos estimulantes para o sistema digestivo são:
Aloé, camomila, dente-de-leão, neem.

As febrífugas que ajudam o corpo a baixar a febre são:
Calendula, camomila, centella asiatica (gotu kola), cevada, citronella, eucalipto, hortelã-pimenta, neem, pau d’arco, pimenta preta, poejo, sene, tomilho, verbena.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: